Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Notícias « Lusitânia: Entre os Mitos e a Realidade
.

Uma das mais conhecidas representações fantasiosas de "Viriato, chefe dos Lusitanos", em Viseu (Portugal), datada do Século XX.



Espaco.gif (821 bytes)

Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

A Lusitânia entre os mitos e a realidade
VI Mesa-redonda sobre a Lusitânia romana
Cascais, 4 a 6 de Novembro de 2004



De 4 a 6 de Novembro, Cascais acolherá um colóquio sobre os Lusitanos e a Lusitânia e os mitos da identidade a eles associados. Este colóquio surge num momento particularmente oportuno, quando a proto-história da península ibérica ainda hoje é usada de modo abusivo para justificar uma série de reinvindicações identitárias em Portugal e Espanha. 
A história, mal conhecida, do que eram os "Lusitanos" ou a "Lusitânia" está também também recheada de mitos e equívocos que teimam em persistir junto de um público menos informado. Este colóquio é uma oportunidade única de conhecer as últimas teorias e os factos conhecidos mais recentes.
A conferência inaugural será proferida pela Professora Doutora Maria Helena da Rocha Pereira, da Univ. de Coimbra, que dissertará sobre a Lusitânia entre o Mito e a História. Estarão presentes investigadores de várias universidades portuguesas, espanholas, francesas, italianas e também do Canadá.

Condições
A inscrição, no valor de 50 euros, inclui as pausas para café, a documentação, as deslocações (a Odrinhas, onde decorrerá a última sessão no sábado de manhã, e ao Museu Nacional de Arqueologia, ao fim da tarde do 2º dia), o almoço em Sintra, o livre acesso aos museus municipais, um serão musical e o livro de actas. Estão contactados restaurantes junto ao Centro Cultural de Cascais (onde se realizará a mesa-redonda), no sentido de prepararem ementas específicas para os participantes, a preço convidativo.
O alojamento está previsto no Hotel Atlântico (Monte Estoril), que fará para os participantes, designadamente os estudantes, um preço muito acessível.


Programa

DIA 4
MANHÃ

10 h – Recepção
10.30 h – Sessão de abertura

Maria Helena da Rocha Pereira (Coimbra), Conferência de abertura: “Entre a História e o Mito: a figura de Viriato”.
Enrique Cerrillo (Caceres), “La invención de la Antigüedad. Algunos datos sobre Extremadura en los siglos XVI y XVII” 

TARDE (14 h)

Carlos Fabião (Lisboa), “A dimensão atlântica da Lusitânia: periferia ou charneira no Império Romano?” 
Marc Mayer i Olivé (Barcelona), “Politica, mito y realidad. La historiografia de la Lusitania antigua”. 
Vasco Mantas (Coimbra), “Os Lusitanos e a Lusitânia há duzentos anos". 
Federica Petraccia (Génova), “Il contributo dell'Antichità classica alla Lusitania fantastica (note a margine de Il principe Altomiro di Lusitania regnante, di Poliziano Mancini)”. 
Mauricio Pastor Muñoz (Granada), “Viriato, historia compartida, mito disputado”.
João L. Inês Vaz (Viseu), “Viseu e Viriato – mito e realidade” 
Alicia Mª Canto (Madrid): “Las yeguas de Olisipo y otros mirabilia lusitana”.
Robert Bedon (Limoges): “À propos des Collectanea rerum memorabilium de Solin et de la fondation de Lisbonne par Ulysse (23, 6)”. 

21 h – Serão musical

DIA 5
MANHÃ (9 h)

Amílcar Guerra (Lisboa), “Lusitanos: questões de língua e território” 
Léonard Curchin (Waterloo), “Toponimia da Lusitania: mito y realidad” 
Jonathan Edmondson (York, Canadá), “The virginity of Zosimus and other family myths: terms of affection within and beyond the family in Roman Lusitania”.
J. Cardim Ribeiro (Lisboa), “A vinda de Osíris e de Hórus à Lusitânia, segundo Frei Bernardo de Brito” 
Manuel Salinas de Frías (Salamanca), “La Vía de la Plata entre el mito y la Historia. Heracles, los atenienses y una fundación mítica de Salamanca”.
Juan José Palao Vicente et José María Vallejo (Bordéus), “Mythes administratifs et réalités sociales en Lusitanie: le cas de Zamora”. 

TARDE (14 h)

Jean-Gérard Gorges (Toulouse) et F° Germán Rodríguez Martín, “La Béturie turdule, mythes et réalités d’une marche lusitanienne”. 
José Luis Ramírez Sadaba (Santander), “Creación de lo mito Pax Augusta = Badajoz” 
Maria Conceição Lopes (Coimbra), “O Guadiana como limite de Pax Iulia”. 
Janine Lancha (Lyon II), “Les ateliers locaux de mosaïstes en Lusitanie: entre mythes romains et réalités hic et nunc”.

16.30 h - Ida ao Museu Nacional de Arqueologia (Lisboa), onde, após as boas-vindas, será feita a comunicação.
António Carvalho, Maria José Almeida e Trinidad Nogales Basarrate, “Mitos e símbolos no programa decorativo da Quinta das Longas (Elvas, Portugal) no contexto de uma abordagem das iconografias das uillae do SW do "Conuentus Emeritense” e visitar-se-á a exposição «Religiões da Lusitânia – Loquuntur Saxa».


DIA 6

8 h - Partida para S. Miguel de Odrinhas em autocarro.
(Sessão em homenagem a Giancarlo Susini).

P. Le Roux (Paris XIII), “Lusitania et Lusitanus dans l’épigraphie romaine impériale” 
Sabine Armani (Montpellier): “L'expression de l'origo en Lusitanie: normes et réalités”. 
Milagros Navarro et Jean-Pierre Bost (Bordéus), “Mythes et réalités de la dénomination des femmes: quelques précis lusitaniens”. 
Joaquín Gómez-Pantoja (Alcalá de Henares), “La familia de Doña Severa” 
José d’Encarnação (Coimbra), A. M. Dias Diogo (Lisboa) e Laura Trindade (Lisboa), “As termas dos Cássios em Lisboa: ficção ou realidade ?”

12.30 h - Encerramento.
Visita ao Museu.
Almoço.

Organização e Apoios

A organização é do Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e do Porto e da Câmara Municipal de Cascais e da Universidade de Toulouse - Le Mirail. Tem a colaboração da Câmara Municipal de Sintra, Museu Nacional de Arte Romana (de Mérida, Espanha), Museu Nacional de Arqueologia. Esta iniciativa conta ainda com apoio do Hotel Atlântico e da Scotturb e o patrocínio especial da Association Internationale d'Épigraphie Grecque et Latine (cujo presidente e secretária estarão presentes).


 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados