Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

Projecto   :   Instrumentos   :   Programa   :   Locais   :   Inscrição   :  Contactos 


 

Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)


Projecto >
Filmes
> Povo que Canta

Povo que Canta: Ciência e militância cultural em Michel Giacometti

"No momento histórico em que a lenta desagregação da nossa velha cultura de tradição oral se processa em termos violentos – a industrialização necessária, as migrações internas e externas, as comunicações de massa, no seu conjunto, impelindo o nosso povo para um novo tipo de cultura, com características cosmopolitas – afigurase-
nos útil e necessário que, sem compromisso de qualquer espécie, recorramos a meios técnicos indispensáveis, como são os meios áudio-visuais, para enriquecer, no sentido de uma melhor objectividade, alguns documentos por nós recolhidos a partir de 1960".

Dessa forma, Michel Giacometti define "o espírito e a orientação, assim como os limites do programa” (1) a que deu o título genérico de "Povo que Canta". Os documentários que integram "Povo que Canta", apresentam ao público fragmentos de inquéritos musicais conduzidos por Giacometti e realizados entre os anos de 1970 e 1972.

Conforme é explicitamente assumido, "Povo que Canta" “vem completar, no estrito plano do registo filmado (…) as recolhas e os estudos iniciados desde 1960”. Mas “evidencia-se no entanto uma dificuldade, senão mesmo uma contradição”, ao querer apresentar “em termos televisivos um programa que pretende constituir um arquivo para o estudo de documentos científicos, forçosamente despidos de todo e qualquer apriorismo” (2).
A série de documentários televisivos "Povo que Canta" almejava alcançar, na sequência de dez anos de intenso labor desenvolvido por Michel Giacometti, um propósito científico.

A questão do reconhecimento da dimensão ou do carácter científico das pesquisas desenvolvidas por Giacometti tem estado sempre presente. Assim foi em 1960, no início do seu trabalho, quando vê recusado o apoio solicitado à Fundação Calouste Gulbenkian, ou após a sua morte, nas opiniões manifestas sobretudo por investigadores oriundos do meio académico, que “catalogam” o trabalho de Giacometti restritivamente
como colector.

Na formulação mais seriamente assumida por um desses investigadores [em Jorge Freitas Branco (1993), A Missão], a orientação científica do trabalho desenvolvido por Giacometti (e não necessariamente o seu valor enquanto produto) é globalmente posta em questão
(3).

O conceito chave utilizado para esse questionamento é o de institucionalização enquanto critério de demarcação entre o que será e o que não será conhecimento científico."

1: Giacometti, Michel. Texto de apresentação do 1º programa. Guiões da série televisiva “Povo que Canta” (acervo do Museu da Música Portuguesa).

2: Giacometti, Michel. Texto de apresentação da segunda série do programa. Guiões da série televisiva “Povo que Canta” (acervo do Museu da Música Portuguesa).

3: Ao afirmar que “a sua linha de orientação [de Giacometti] não era a Ciência, pois a ela nunca esteve institucionalmente ligado”.





 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados